Entre verbo e sentimento.


Que eu ame...
Que tu ames...
Que ele ame...
Que nós amemos...
Que vós ameis...
Que eles amem...

Que todos possam amar com liberdade. Não só pela beleza mas também pela pureza. Pelo belo coração, e a inenarrável emoção! Pela infinita alegria ou pelo frio na barriga!
Ame sem medo, sem receio...
Sem a questão do talvez errar. Sempre sendo verdadeiro, não fazendo uso de máscaras... Ou com a dúvida se um dia irá se apaixonar!

2 comentários:

  1. Que se ame pela pureza e nao pela beleza. Sempre.

    beijo

    ResponderExcluir
  2. E rimou tudo.
    E foi lindo, Joyce.

    Um beijo! :*

    ResponderExcluir

- Comentários moderados. Não aceito nenhum que seja anônimo.

- Não faça propaganda, se quiser deixar seu link é só comentar fazendo uso da opção nome/url

Obrigada e volte sempre! Paz!