Surpresinhas do amor!


N
oite passada sai com minhas amigas e conheci um rapaz. Conversamos por um bom tempo, foi então que ele pediu o meu número e eu muito boba achei que seria uma coisa legal a fazer. Grande erro ter esquecido a regra: não dê o seu número, pois o cara não ligará no dia seguinte. Meu telefone toca, e o atendo com uma pressa exagerada. Mas explicando que o alô dito, saiu bem tranquilo até. Pois não quero que ele pense que esperei o dia inteirinho por tal ligação, quando na verdade esperei e muito.
– Aí é da pizzaria Massa Fofa? – alguém pergunta do outro lado da linha.
Quem coloca um nome desses numa pizzaria?
– Ligou pro lugar errado, moço.
– Tem certeza?
– Absoluta.
– Desculpe-me então.
– Tudo certo.
Desligo e volto a prestar atenção no filme que assistia. Logo em seguida começo a refletir sobre uma coisa importante, o que faz um rapaz bonito pedir seu número e não ligar? Os homens acham alguma graça nisso?! Pois eu não estou rindo nem um pouquinho. O telefone toca outra vez. Espero pra fazer charme, jogo o cabelo pro lado, (pra que, hein?!) e digo.
– Alô.
– Gostaria de uma pizza portuguesa.
– Você de novo?
– Como?!
– Quem?!
– Eu quero...
– Aqui não é da pizzaria Fofa Massa.
– O correto é Massa Fofa.
– Que seja!
Isso só pode ser piada, alguém pagou essa pessoa pra me irritar.
– Deixa de brincadeira, já anotou o meu pedido?
– Não é brincadeira. Aqui não é uma pizzaria! – estrilei.
– Você não tem educação, sabia?
– O quê?!– falo com indignação. –Eu tenho muita educação. Sou uma dama.
O sujeitinho irritante solta uma gargalhada. Querem saber o que eu fiz? Desliguei na cara dele. Pois é, e continuo afirmando que sou uma dama. Depois de um tempinho meu telefone sem fio toca mais uma vez.
– Quem fala?!– atendo irritada.
– Desculpe dizer que você não tinha educação.
– Você não tem nada melhor pra fazer?
– Liguei duas vezes por engano.
– E agora?
– Achei a sua voz bonita.
– Ah, é mesmo?
– É sim.
– Você tinha que pedir logo pizza portuguesa. – fui intrometida.
– Foi sugestão dos meus amigos. Prefiro de mussarela.
– Eu também.
Tínhamos o mesmo gosto por pizza, e mais umas coisinhas em comum. Engatamos numa conversa boa naquela noite. Que logo surgiu um convite de passeio a um parque, e depois de algumas semanas um pedido de namoro.






A fofa da Jana. Me deu este selinho que eu amei! Obrigada, meu bem!





A regra é: "A regra deste selo é: você pode indicar a quantos blogs quiser, desde que detalhe o porquê da indicação, o motivo dele ser SUPER."




Os indicados:

Secrets of a little girl. (É SUPER pela riqueza de detalhes em cada conto, e pela doçura nas palavras).

Meus doces instantes. ( É SUPER pois o nome é perfeito e combina com o conteúdo doce!).

O diário de Marin Jones. (É SUPER por cada relato real, repleto de amor e carinho. Lá você se emociona e sai leve e feliz!).

Palavras de um presente bom. (É SUPER por transbordar suavidade em cada palavra, ponto e vírgula.).

Sacudindo Palavras. ( É SUPER pela mistura interessante. É intenso, delicado e inteligente! Cada texto faz o leitor refletir.).

Líricas. (É SUPER pelos textos longos e incríveis. Que você sempre tem vontade de ler um pouco mais. São palavras conduzidas com maestria, intensidade e delicadeza.).

5 comentários:

  1. O nome da pizzaria é bem peculiar mesmo rsrs. Mas o dialógo é divertido e o conjunto da obra tá demais, como tudo que vc escreve aqui! Parabéns flor, e obrigada por ter lembrado de mim ao me dar o selinho, vc é uma fofaaa *---*

    Bjos doces;**

    ResponderExcluir
  2. 'Pizzaria Massa fofa?', haha, essa foi boa. Me irritaria muito com ligações como essa, a menos que a voz do dito cujo fosse bonita, rs.

    Parabéns pelo selo*

    ResponderExcluir
  3. Haha, que fofo!
    Adorei!

    ResponderExcluir
  4. Primeiro de tudo, OBRIGADA MESMO pelo selo. Que fofa!

    Segundo, quero dizer que eu sempre imaginei um dia que alguém me ligaria por engano e gostaria da minha voz. Adorei mesmo o pequeno conto. *-*

    Saudades de vir por aqui. Que bom que voltou a me visita! Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  5. Adorei o selinho, Joy! Obrigada!

    Sabe que essa situação toda me lembrou aquele quadro do Fantástico, com histórias improváveis de amor! Isso é coisa de destino mesmo! Eu adoro! :)))

    Você é muito, muito querida!

    Um beijo bem grande e obrigada pelo carinho de sempre e pelas palavras tão doces!

    ResponderExcluir

- Comentários moderados. Não aceito nenhum que seja anônimo.

- Não faça propaganda, se quiser deixar seu link é só comentar fazendo uso da opção nome/url

Obrigada e volte sempre! Paz!